O que falar do trânsito da Índia….

O que falar do trânsito da Índia…. (Mumbai)

A vida na Índia difere em muitos aspectos quando a comparamos com nossa realidade Brasileira. Durante esse meu diário de intercâmbio um dos assuntos mais perguntados é se o trânsito por aqui é realmente maluco e tão diferente. Apesar de existirem alternativas interessantes ao uso de carros e motos (trem e metro, com extensas linhas e até o tuk tuk!), a região de Mumbai concentra um número expressivo de veículos pois é considerada a centralidade mais importante da Índia.

No primeiro dia do intercâmbio, quando cheguei ao aeroporto (3 a.m.), eu tive uma pequena ideia do volume de carros e do comportamento dos motoristas. Minha viagem de Mumbai a Navi Mumbai durou apenas 30 minutos mas foi possível observar muita gente trafegando pela rua, muitos locais sem calçadas (pedestres andando no meio das avenidas), alguns animais vagando pela noite, tuk tuks alucinados carregando pessoas ou qualquer objeto que você possa imaginar e por aí vai…

Tuk Tuk ou rickshaw, meio de transporte mais barato
Tuk Tuk ou rickshaw, meio de transporte mais barato

Comportamento observado durante meu intercâmbio

Aqui só existe uma regra: basicamente você tem que saber usar a buzina! Haha, parece doido, mas o pessoal não economiza nas buzinadas. É interessante isso, é uma coisa normal aqui e que virou um vício/necessidade para a maioria dos motoristas já que eles não usam seta e estão quase sempre apressados. E falando em regra… eu ainda não vi nenhum semáforo funcionando aqui em Navi Mumbai pois, quando existem, eles ficam desligados ou piscando. Em Mumbai, em uma visita que tive oportunidade de fazer, observei que existem alguns semáforos, no entanto, poucos motoristas respeitam o mesmo. Eu estava atravessando a rua (verde para o pedestre) e tive que ir contornando os carros e motos que haviam invadido a faixa.

Alguns dos carros enquanto eu caminhava, andavam junto… Estavam apenas esperando o trânsito avançar, queriam prosseguir independente do semáforo estar aberto ou fechado. Outra coisa curiosa aqui por aqui são as rotatórias. Vem carro, moto, tuk tuk, caminhão, ônibus de todos os lados, um “buzinaço” que você fica quase surdo haha. Eu publiquei alguns vídeos no meu snapchat, instagram e youtube mostrando um pouco das ruas indianas. Se você não teve chance de ver, dê uma olhada no meu canal do youtube. Esse vídeo aqui é do local do meu trabalho, não é horário de pico mas dá pra ter uma ideia de como funcionam as coisas por aqui:

Frota de carros e motos

Uma das coisas que mais estou aproveitando no intercâmbio é desenvolver esse poder de observação e curiosidade em relação a tudo que é novidade para mim. Como todo brasileiro sempre tive uma paixão por carros e interesse no assunto então, desde o início do intercâmbio, eu converso muito com todos aqui na empresa sobre esse assunto. Por aqui predominam marcas como Suzuki, Mahindra e Tata Motors e, todas essas empresas, possuem carros de entrada (baratos) e pequenos. A Hyundai também tem uma participação importante no mercado Indiano, a maioria dos taxis que eu vi em Mumbai eram Hyundai.

Já as motos, representam cerca de 72% da frota de veículos da Índia (Censo 2016). É um número muito expressivo. Elas são baratas, econômicas, então é comum as pessoas irem até as estações de trem ou estacionamentos, pararem as motos e deslocar-se com o trem, metro ou até mesmo ônibus. O que acontece é que todo esse povo andando de moto contribui para um trânsito ainda mais caótico, imagine a bagunça que fica: o carro no meio da rua, uma moto tentando ultrapassar em um espaço pequeno, o tuk tuk buzinando na traseira (empurrando o carro)…. e o pedestre que fica assistindo e desviando de tudo que acontece!

Considerações finais

Você aprende a ficar muito atento na Índia! Acho que a experiência internacional aqui ajuda a desenvolver isso, o intercambista tem que ficar esperto para qualquer situação… A melhor estratégia para o pedestre aqui é prestar muita atenção! Não estou dizendo que aqui os motoristas passam por cima mas não pode bobiar no meio da rua…. Ah, se você ainda não viu os vídeos que estou gravando, confira! Se inscreva no meu canal do youtube:

Link para meu canal, ou clique na imagem abaixo!

Marcello Fornari é um empreendedor que adora compartilhar conhecimento e ajudar outras pessoas

Acompanhe e compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *